top of page
Meno_simonis.jpeg

HISTÓRIA DE NOSSA IGREJA MENONITA

QUEM SÃO OS MENONITAS?

343071990_605928528114643_4183177606900058162_n.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No século XVI, mais especificamente a partir de 31 de outubro de 1517, o padre católico Martin Lutero, profundo conhecedor das Escrituras Sagradas, levanta-se e divulga suas 95 teses na porta de Wittenberg na Alemanha.

Por isso reconhecemos sem dúvida ser este o grande referencial de toda a reforma protestante. Logo em seguida vários nomes também aparecem e merecem destaque pela contribuição que cada um deu à grande Reforma da Igreja. Dentre eles os que começaram entender e crer que a verdadeira Igreja de Cristo deveria ser composta somente por pessoas regeneradas e realmente convertidas a uma nova vida através da aceitação pela fé da salvação em Cristo; e não todos os moradores de um paróquia ou nação. O resultado direto a esta nova posição dos seguidores foi, não mais batizar crianças, por não encontrarem base bíblica e passaram a rebatizar todos os que voluntariamente realmente decidiram assumir este novo estilo de vida, por isso passaram a ser chamados de anabatistas.

 

Na Holanda, um ex-padre chamado Menno Simmons, que havia se convertido, se ajuntou a este movimento anabatista, abandonando a igreja Católica. Por causa da sua assistência pastoral e dom de ensino muitos o seguiam.

Apesar do seu desejo de serem chamados de “Irmãos ou Cristãos” seus inimigos lhes davam o nome “Menonitas”, nome derivado de seu fundador: "Menno Simmons."

Mesmo sofrendo perseguições por sua fé em Cristo Jesus, os menonitas continuavam firmes nas suas convicções, seguindo a Jesus e os ensinamentos da Bíblia.

 

No final do século XVII, muitos dos menonitas emigraram para a Rússia para escapar da perseguição religiosa e viver em liberdade e tranqüilidade.

Por causa da perseguição, zelo missionário e desejo de melhorar sua vida material, os Menonitas se espalharam por muitos países ao redor do mundo durante os últimos 130 anos, inclusive no Brasil.

 

NO BRASIL

Em 1929, os Menonitas perseguidos pelo regime comunista receberam a última autorização de saída da Rússia. Há 92 anos atrás, um ano depois, em 1930, o grupo chegou ao Brasil, e em 1951 fundaram a Colônia Witmarsum no Paraná.

Instalaram-se no vale do rio Krauel, no município de Ibirama, em Santa Catarina. Depois de 20 anos em Santa Catarina, por não se adaptarem à região montanhosa os menonitas buscaram novos rumos, e compram a fazenda Cancela, próximo a Curitiba, no Paraná. Assim fundaram comunidades no Bairro de Vila Guaíra, Boqueirão e na Colônia Witmarsum (em Palmeira), no Paraná. Em suas comunidades, construíram Igrejas, escolas, hospital, faculdade, asilos, Assistência social, fundaram cooperativas e estão em mais de 130 países.

bottom of page